top of page
  • Por Redação

Sobrecarga digital pede muita atenção

Mais uma rede social para gerar conteúdo, interagir, que promete bater de frente com o Twitter e que desafia os limites da saúde mental, principalmente dos criadores de conteúdo e usuários. O Threads, nova aposta da Meta está tentando manter os usuários engajados. Querendo ou não é mais uma rede social para a pessoa dar conta.


Sendo um país que ocupa o segundo lugar no ranking de países que mais passam tempo nas telas, o Brasil, segundo levantamento feito pela empresa Eletronics Hub, tem brasileiros que já gastam mais da metade das horas acordados nos computadores e celulares. A nova rede é acoplada ao Instagram, tem apenas uma semana e ultrapassou a marca de 100 milhões de perfis ativos.


Mesmo com a facilidade de “reciclar” a conta conectada, as pessoas não querem perder a novidade do momento. A psicóloga Vanessa Gebrim explica que milhões de usuários entraram de uma vez porque existe um medo de não estar presente. E esse efeito é um dos principais enfrentados de mais uma mídia social no mundo. Até mesmo para influenciadores digitais não é diferente porque a cobrança de estar presente em todas é a mesma.


Para Vanessa, é natural essa necessidade de querer conhecer e participar. Mas é importante entender que isso acarreta prejuízos em outros aspectos da vida quanto ao exagero, falta de foco e desencadeia a dependência. Há ainda sintomas que os pacientes relatam e não conseguem identificar como problemas no sono, e o excesso de telas estimula quadros de insônia, ansiedade, hiperatividade, irritabilidade e mau humor, além de doenças oftalmológicas e dores de coluna e pescoço.


Leia mais aqui: https://abre.ai/grNZ.




4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page