top of page
  • Por Redação

3 estratégias para evitar ser sugado para a próxima nova tendência tecnológica


Muitas marcas correm, entram na onda, sem entender muito quando uma nova tecnologia surge. Isso sem entender como podem ver ou medir os resultados. Anos atrás era Inteligência Artificial, com mais foco ainda neste início de ano e chatbots. Atualmente, temos as NFTs, criptomoedas e o metaverso. De acordo com o sócio-gerente da Bluewater, uma empresa de tecnologia de design, Scott Schoeneberger, diversas marcas lançaram programas no metaverso, seja por jogos virtuais, lojas ou mercadorias.


A tendência, segundo o profissional, é impulsionada pela nova estratégia corporativa e mudança de nome do Facebook. Mesmo existindo há anos, as marcas só consideraram o metaverso válido quando a rede social aderiu à tendência e seguiu apostando o futuro da empresa na tecnologia. Schoeneberger explica que ao entrar em uma nova tendência tecnológica porque todo mundo está seguindo a onda não é um bom motivo. Para ele, é preciso ter uma estratégia clara e a compreensão de como a nova tecnologia conduzirá as iniciativas de marketing.


Ele aconselha as marcas a não pularem de uma vez na última grande novidade e ficar com o que alcança resultados de longo prazo. Sinalizando as estratégias para evitar se apaixonar por toda tecnologia da moda que aparecer, confira: https://bit.ly/estrategiasnatecnologia


6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page